Papéis mais usados para impressão

Os 7 tipos de papel mais usados em impressões gráficas

Quando se pensa em qualidade final do material gráfico, nem sempre lembramos de levar em conta detalhes, que podem parecer pequenos, mas que influenciam diretamente no resultado final. Um destes detalhes é a escolha do papel ideal para o que você quer.
Cada tipo de papel possui suas próprias características de textura, composição e aspectos que podem e devem ser usados em favor da otimização na hora de produzir o seu material impresso. Você já leu aqui no Blog sobre as quatro características gerais do papel, como formato, gramatura, textura e cor, que também influenciam diretamente no seu produto. Conheça agora os tipos de papel e suas principais indicações na hora de realizar impressões gráficas.

1 – Papel Jornal: Pode ser encontrado em rolos para prensas rotativas, ou em folhas lisas para a impressão comum em prensas planas. Ele é feito à base de pasta mecânica de alto rendimento, com opacidade e alvura adequadas. A superfície do papel jornal pode variar, apresentando características diferentes, sendo que algumas são mais ásperas, outras mais alisadas e até acetinadas. Este tipo de papel é bastante usado em tiragens de jornais, livros, revistas, folhetos, material promocional, blocos e talões em geral.
2 – Papel Offset: Utilizado em impressões offset, para produção de livros, revistas, folhetos, cartazes, selos e outros trabalhos de impressão do mesmo estilo. É indicado para papel timbrado e bloco de notas por haver necessidade de escrever ou fazer anotações no material. Sua forte característica é a boa durabilidade e a resistência à umidade. Produzido para ser impresso em larga escala com custo baixo, o offset tem um acabamento liso que lembra o papel sulfite, porém apresentando qualidade superior. Alguns fabricantes fazem um produto mais qualificado, geralmente mais branco, dando um nome comercial específico.
3 – Papel Couchê: O nome “couchê ou couché” é uma palavra que vem do francês e significa “camada”, uma característica que dá aspecto mais brilhante ao papel. Este revestimento é próprio para deixar a superfície do papel mais lisa e uniforme e pode ser aplicada em uma ou em ambas as faces do papel. O objetivo é otimizar o comportamento das cores na hora da impressão, quando o papel recebe a tinta. Este tipo é bastante utilizado para impressões de alta qualidade. Você pode optar pelo papel couchê brilho ou fosco.
Papel Couchê Brilho – A versão couchê brilho tem um revestimento com alta lisura e brilho, que reflete mais luz. Deste modo o uso deste tipo de papel não é indicado para materiais de leitura, e sim para dar destaque às imagens e cores. É muito indicado para miolo e capas de catálogos, flyers, folders, sacolas cartões de visita.
Papel Couché Fosco – A versão fosca do couchê absorve mais luz, deixando a cor mais pura e conferindo ao material um ar de sofisticação. É indicado para produção de folders, cartazes, sacolas, flyers e cartões.
4 – Papel ReciclatoO reciclato é o papel offset ou sulfite que passou pelo processo de reciclagem. Como é produzido com matéria prima 100% reciclada, apresenta cor parda e aspecto diferente dos demais tipos de papéis, sendo mais resistente. É indicado para impressão de papel timbrado, bloco de notas, impressões finas em livros de arte, hot stamping, relevo seco, obras de arte, efeitos de porcelana, impressão em jato de tinta e impressão à laser. O papel Reciclato é perfeito para quem quer transmitir o conceito de sustentabilidade para seu impresso. A desvantagem deste tipo é que seu custo é um pouco mais elevado do que dos demais, devido ao seu processo de produção relativamente novo e também à sua categoria, de Papéis Especiais.
5 – Papel Kraft: É o nome genérico dado a uma série de papéis fabricados com celulose não branqueada. A cor natural do Kraft é parda e apresenta variantes castanho, laranja e amarelo, podendo ser encontrado também em tons de azul, monolúcido ou alisado. Este tipo de papel é bastante comercializado diretamente a consumidores em bobinas, de 40 g/m2 para para fabricação de sacos e também para ser betumado, impregnado ou engomado. É muito usado em embalagens de produtos como o açúcar, além de sacos e sacolas e apresenta variações como Kraft Branco ou Kraft emmultifolhas.
6 – Papel revista: O papel revista apresenta elevada resistência que permite impressão rápida, o que é uma característica exigida pela indústria gráfica para a produção em grande escala. Entretanto a qualidade da impressão não é o seu ponto forte, pois apresenta brilho e a facilidade no amarelamento do papel. É um tipo de papel bastante utilizado na produçãográfica de revistas ou outros tipos de publicações de vida curta.
7 – Papel fotográfico: O papel fotográfico é um tipo papel com base couchê, mas com um revestimento a mais, feito de polietileno. Apresenta características que permitem a impressão de fotografias e imagens em geral com ótima qualidade. É um papel bastante resistente e durável, que está disponível nas opções brilhante ou fosca.
Agora que você já conhece os principais tipos de papéis usados em impressão gráfica, já pode escolher qual se encaixa melhor no produto que você quer fazer. É importante levar em consideração a tiragem do material, pois quanto maior o número de impressões, maior é o custo relativo do papel. Isto significa que ao fazer pequenas tiragens a diferença de preço pode compensar o uso de um papel mais caro, se você levar em conta o valor subjetivo que a qualidade do papel irá agregar ao produto final
Outra dica importante é pensar na sazonalidade do papel, pois com exceção de papéis de uso mais freqüente, como o couchê e o offset, os tipos mais diferenciados de papel não são facilmente encontráveis em todas as épocas do ano. Deste modo é sempre bom entrar em contato com o seu fornecedor com antecedência, para verificar a disponibilidade do produto que você quer.
Se ainda restar alguma dúvida, a dica de ouro é: converse com sua gráfica online ou física, sobre qual papel é mais indicado para o material gráfico que você quer produzir.
Fonte AQUI

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...